Olá pessoal! Sejam todos muito bem-vindos ao meu primeiro artigo aqui pro site. Me chamo AFECT e hoje quero tratar de um assunto que considero bastante importante de ser compreendido: Os pilares do Clash Royale.

Os 5 Pilares do Clash Royale

De maneira geral, podemos dizer que o desempenho de qualquer jogador no Clash Royale está diretamente relacionado aos 5 pilares principais listados abaixo, e pode-se dizer ainda que cada um destes pilares funciona como um “degrau” para as partidas ranqueadas, quanto mais destes pilares você possui favoráveis, maior a quantidade de troféus que você consegue atingir.

  • Habilidade
  • RNG
  • Psicológico
  • Fatores Externos
  • Deck e Nível de cartas/torres

É importante compreender cada um destes pilares para saber de que maneira eles podem influenciar na sua gameplay e qual deve ser sua postura em relação a cada um deles. Nos próximos parágrafos vou abordar cada um deles individualmente.

 

Habilidade

Este pilar está diretamente relacionado ao seu Know How dentro do jogo, ou seja, a sua habilidade adquirida pela experiência, o seu saber prático. É sem dúvida um dos pilares mais importantes dentro do jogo. No Clash Royale quando nos referimos a habilidade estamos falando de saber jogar corretamente com os mais variados tipos de decks e cartas, sabendo o funcionamento dos decks do metagame, suas win conditions (condições de vitórias), o posicionamento adequado de cada carta, dentre outros elementos.

Sua habilidade no jogo é uma coisa que pode ser desenvolvida, algumas pessoas podem apresentar maior facilidade que outras, mas, em regra, a chave para se tornar alguém habilidoso no Clash Royale ou em qualquer outra área da sua vida, é o treino e dedicação, quanto mais tempo você dedica em algo, seja praticando ou observando pessoas mais habilidosas que você, maior se torna sua habilidade naquilo.

RNG

RNG é a abreviatura de Random number generator, que traduzido significa Gerador de Números Aleatórios, e que em outras palavras nada mais é que o fator sorte no jogo. Por exemplo:

Todo deck possui 8 cartas. Quando a partida começa, temos apenas 4 delas na mão inicial, o que define quais serão essas cartas, bem como a ordem das que serão compradas depois é o RNG, que num processo automatizado do jogo faz um “sorteio” e define que cartas serão essas.

O RNG também está presente na definição de adversários que iremos enfrentar, nos decks que eles usarão, e em diversas outras situações do jogo, até mesmo no aparecimento de lendárias em baús, dentro das probabilidades definidas, o RNG atua decidindo se seu baú virá ou não carta lendária e até mesmo que carta lendária será esta.

Agora que já compreendemos o significado de RNG, gostaria de falar sobre a influência dele dentro do jogo. Pra começar, vale destacar que muitos jogadores consideram que este é o pilar mais frustrante e estressante dentro do jogo, visto o fato de ele ser o único que não depende de você. É como jogar dados, você simplesmente os joga e torce para que o melhor aconteça, não há nada o que fazer sobre isso… E o mesmo ocorre no Clash Royale, há partidas que você simplesmente perde antes mesmo que ela comece, seja porque o deck do adversário é totalmente counter do seu ou porque você teve uma mão inicial péssima e que comprometeu todo o restante da partida.

Meu conselho em relação ao RNG é: Nunca se esqueça que ele existe e nunca se estresse com ele. Foque suas energias naquilo que depende de você, todos terão momentos em que a sorte não vai contribuir, mas tente minimizar a importância que o fator sorte exerce pra você se aprimorando nos demais pilares, como fortalecendo suas habilidades e até mesmo o seu psicológico, que é o tópico a seguir.

Psicológico

Considero este pilar tão importante que futuramente farei um artigo exclusivamente sobre ele. Quando o assunto são os jogos, o fator Psicológico é menosprezado ou até esquecido, mas tenha em mente que quando o seu psicológico vai mal, todo o resto vai mal.

Com “psicológico” me refiro aos processos mentais e emocionais, por exemplo: É comum que após uma sequência de derrotas nos sintamos um pouco mais irritados, ou até mesmo depois de um dia cheio no trabalho ou uma discussão; basicamente tudo que altera o nosso humor, seja de forma positiva ou negativa, está influenciando o nosso psicológico.

Minha intenção é te atentar para o fato de que a maneira como você se sente pode alterar diretamente o seu desempenho dentro do jogo, quando você está irritado, por exemplo, isso influenciará nas suas decisões, te fazendo tomar decisões abaixo das que tomaria normalmente, e que consequentemente te levarão a mais derrotas e farão com que você se irrite ainda mais, resumindo, é um ciclo vicioso. Chamamos isso de Tiltar.

Emoções positivas (felicidade, amor, gratidão, satisfação, alegria…) podem fazer seu jogo melhorar, pois te trazem maior relaxamento e autoconfiança na hora de jogar, assim como emoções negativas (medo, raiva, desgosto…) te deixam mais suscetível a distrações e erros.

Tenho ciência de que é impossível nos privarmos de emoções negativas (vale ressaltar que algumas emoções negativas podem ser benéficas em pequenas doses, o problema é quando vivenciamos estes sentimentos em excesso e por tempo prolongado, ex: um pouco de stress pode te deixar mais focado e produtivo, stress em excesso pode causar inúmeras doenças) em nosso dia a dia, e sei também que é praticamente impossível nos mantermos calmos após várias derrotas em sequência, mas, assim como você treina sua habilidade, procure treinar também sua mente, se condicionando a se manter no controle da situação mesmo quando os resultados forem diferentes dos desejados, e dando preferência para subir troféus em momentos que esteja se sentindo bem psicologicamente.

Link do artigo completo sobre psicológico: Em breve.

Fatores Externos

Tive minhas dúvidas se acrescentaria ou não este pilar nesta lista, mas é inegável que o ambiente em que você está jogando e as condições, também podem influenciar no seu desempenho.

Jogar em locais barulhentos, com uma conexão ruim, e com muitas distrações, certamente pode te ocasionar algumas derrotas. Nesse aspecto até mesmo um celular/tablet/computador com os requisitos mínimos para rodar o jogo fazem diferença, talvez alguns possam achar que isso é apenas preciosismo ou frescura, mas em partidas acirradas, em que os resultados são definidos nos detalhes e por apenas alguns pontos de vida de diferença, esses aspectos podem ser a diferença entre +26 ou -33 troféus.

Jogar num aparelho dando aquelas travadinhas – por mais breve que sejam -, jogar numa internet com delay pra posicionar as cartas – por menor que seja -, ou num lugar que tira sua concentração do jogo – por mais breve que seja -, certamente te deixam MUITO atrás no confronto.

Somente para ilustrar, sempre que estou jogando eventos importantes dentro do jogo, gosto de fazer isso na madrugada, quando reina o silêncio absoluto, concentrado em meu celular, com as luzes apagadas e fones de ouvido, tendo a certeza de que vencer aquele desafio, ou aquela partida, é a única coisa com que preciso me preocupar naquele momento.

Deck e Nível de Cartas/Torre do Rei

Este pilar é bastante intuitivo, mas ao mesmo tempo indispensável. Tanto o nível das suas cartas, quanto o da Torre do Rei, são muito importantes em partidas ranqueadas, jogar com desvantagem de nível compromete bastante o seu desempenho em modalidades competitivas.

Minha única ressalva em relação a este pilar está no fato de que quando você está bem em relação a todos os demais pilares (Habilidade, RNG, Psicológico, Fatores Externos) e ainda sim continua perdendo troféus ou estagnado numa faixa de troféus abaixo do que costuma ficar, provavelmente sua limitação está no seu nível de cartas ou no deck utilizado, por exemplo:

Sempre costumo terminar a temporada na liga Mestre 2 (5200 troféus), mas na última temporada eu não estava conseguindo passar dos 5000 troféus. Analisando meus jogos, percebi que não estava tendo azar, estava jogando bem com meu deck, minhas cartas tinham um nível adequado, minhas condições externas eram boas e meu psicológico estava tranquilo; então identifiquei que tudo que eu precisava fazer era me readaptar ao meta, após alterar duas cartas do meu deck, em 2h de jogo alcancei minha liga usual.

Conclusão

Cada um dos 5 pilares é individualmente importante e, ao mesmo tempo, indispensáveis para o todo, todos os pilares estão interligados e são necessários para quem quer maximizar o seu desempenho nas partidas ranqueadas. Não quero dizer que alguém que não esteja com todos os pilares em dia está fadado a derrotas, certamente que não, mas digo sem medo de errar que esta pessoa está rendendo abaixo do que poderia.

Sou um jogador mediano, mas que costuma terminar as temporadas dentro do top 10k global, e principalmente alguém que lê e pesquisa muito sobre o jogo; espero que alguns dos conceitos que desenvolvi e somei às minhas experiências particulares tenha de alguma forma conseguido te ajudar a enxergar um pouco mais da complexidade que o jogo pode ter. Até logo!

#jogolimpo