Sergio Ramos foi o grande vencedor do maior torneio de Clash Royale do mundo, que aconteceu neste último final de semana, confira neste post os decks usados pelo Mexicano!

16 finalistas batalharam neste domingo (dia 03/12) pelo título inédito de melhor jogador de Clash Royale, no Crown Championship 2017. Além de levar a coroa de ouro, Sergio Ramos, ganhou premiação de quase R$ 500 MIL REAIS, com apenas 16 anos.

As batalhas da final aconteceram no esquema de melhores de cinco. O jogador MusicMaster abriu o placar usando um deck não muito convencional – surpreendendo a todos com combinações não muito comuns, como Carta da Máquina Voadora e Carrinho de Canhão. Em seguida o americano repetiu o deck na segunda partida, mas Sérgio Ramos usou um deck com variação de Golem sem Coletor e derrubou a primeira torre do adversário já nos primeiros instantes da partida. Na terceira batalha o Sergio Ramos levou logo duas torres com uma combinação de Bandida, Mineiro e PEKKA, finalizando com três coroas. Então na quarta e decisiva batalha, o MusicMaster arriscou no Morteiro novamente, mas o Mexicano atacou usando Bandida e conseguiu causar muito dano na torre, foi onde ele conseguiu a vitória no Torneio Mundial!

Os decks do Campeão

Não foi fácil levar essa vitória, passando por vários finalistas, mas esses dois decks do Sergio Ramos fizeram com que isso acontecesse.

Deck do Sergio Ramos – Golem com Mineiro

O primeiro deck que Sergio Ramos usou foi este de Golem, usando o Mineiro como um tanque secundário. O objetivo é levar a torre com o golem e cartas de suporte.

Deck do Sergio Ramos - Golem com Mineiro

Aqui está como cada carta deve ser usada dentro deste deck de Golem.

  • Servos: Uma carta de suporte atrás do Golem, capaz de destruir principalmente qualquer coisa que o zap não pode eliminar.
  • Golem: Carta tanque principal, jogado principalmente como uma unidade defensiva, mas depois se junta a um grande impulso (muitas vezes emparelhado com Servos).
  • Mineiro: Use como um mini-tanque para os Servos ou para bater em Coletores de elixir, impedindo que o adversário abra vantagem de elixir.
  • Fornalha: Carta defensiva, jogada no meio da arena, usada para causar um pouco de dano e para fazer o adversário reagir.
  • Zap: Uso óbvio, matar hordas de tropas e também resetar Torre Inferno.
  • Veneno: Enfraquecer qualquer coisa que possa interromper seu Golem, ou vencer qualquer construção de spawn, ou seja, a Fornalha.
  • Megasservo: Uma carta principalmente defensiva, mas quando jogado atrás do Golem, é muito eficaz!

COPIAR DECKS

Assista uma batalha com o SergioRamos batalhando com o deck: LINK

Deck do Sergio Ramos – PEKKA e Bandida

O segundo deck que Sergio Ramos jogou para ganhar a CCGS foi muito parecido, com 4 das mesmas cartas do anterior. No entanto, em vez de Golem e Mineiro, ele jogou com PEKKA e Bandida. Este é um deck pesado de contra-push, com a PEKKA e o bandido sendo excelentes para a defesa.

Deck do Sergio Ramos - PEKKA e Bandida

Vamos falar sobre como é recomendado que cada carta seja utilizada: LINK

  • Servos: Um carta principalmente de suporte, mas também pode ser misturada como uma carta defensiva, jogar atrás da PEKKA para causar a maioria dos danos.
  • Bandida: A defesa virou ofensa, certifique-se de colocar a Bandida muito longe para que ela possa conseguir ativar o seu dano de habilidade.
  • Mineiro: Carta que causa um pouco de dano ofensivo, faz o seu adversário responder enquanto toma dano na torre.
  • Goblins: Na maior parte são defensivos, para eliminar as tropas terrestre que estejam rumo à sua torre…
  • Zap: Usado para limpar hordas de tropas e também resetar a Torre inferno/Dragão infernal.
  • Veneno: Jogue conforme a PEKKA se aproxima da torre, pois eliminará todas as hordas de tropas que possam ser colocadas no caminho.
  • PEKKA: Grande unidade beatdown, tente dar todo suporte a ela, abrindo caminho para ela partir rumo a torre.
  • Mago Elétrico: Principal tropa para ser jogada atrás da PEKKA, ajuda a acabar com a defesa do adversário e reseta a Torre e Dragão Infernal.

COPIAR DECK


Comentem se vocês já chegaram a testar esses decks e como foi o resultado!

Comentários via Facebook