Neste final de semana a Supercell anunciou um novo balanceamento no Clash Royale e dentre as mudanças tivemos a reformulação do Executor. Mas hoje pouco antes da pausa para manutenção começar, o perfil oficial do Clash Royale anunciou um nerf no balanceamento do executor.

Mas com isso muitos jogadores se questionaram sobre a Supercell ter voltado atrás e mudado de última hora, então o Seth fez um post no reddit explicando melhor os motivos, então prearei a tradução e trouxe aqui pro site!

Confere aí e não se esqueça de deixar sua opinião sobre o assunto nos comentários, no final do post!

Entenda o Motivo da Mudança de última hora no Balanceamento do Executor... - 1


As alterações de balanceamento estão ativas agora! Entre o anúncio no sábado e a implementação hoje, decidimos recuar um pouco na reformulação do Executor:

Reformulação original:

  • Dano aumentado em 98%
  • Alcance reduzido mínimo 3.5 para máximo 5
  • Velocidade de ataque reduzida para 2,5

O que implementamos hoje:

  • Dano aumentado 82%
  • Alcance reduzido mínimo 3.0 para máximo 4.5
  • Velocidade de acerto reduzida para 2,5
    (o tempo do machado também foi reduzido, mas apenas proporcionalmente ao alcance)

Eu queria escrever este blog post sobre os dois motivos pelos quais decidimos proteger nossas apostas com o Executor entre o anúncio deste fim de semana e o lançamento de segunda-feira. Tudo se resume a dois fatores principais: o início iminente da CRL e o efeito de vários níveis do ladder.

Clash Royale League

Como muitos de vocês sabem – a estréia da CRL West Fall Split é este mês, e a CRL Ásia e China já começaram! A CRL consiste dos melhores jogadores do mundo que disputam um grande prêmio. Essas são literalmente as partidas mais intensas e lucrativas da vida desses jogadores, e não queremos arriscar seu sustento com uma carta sobrecarregada apenas uma semana antes do início da temporada.

Estávamos (e ainda estamos) dispostos a fazer um nerf de emergência se o Executor for muito forte. Hipoteticamente, existem cerca de quatro lugares onde uma reformulação pode chegar:

  • Nerf de emergência: 50% de utilização, 70% de vitória (como no lançamento dos Recrutas Reais)
  • Meta Definição: 30% de utilização, 60% de Vitória
  • Forte: 15% de utilização, 50% de vitória
  • Fraco: 5% de utilização, 40% de vitória

Se o Executor tivesse caído na faixa de ‘Nerf de Emergência’ – teríamos que criar um nerf bastante grande em cerca de 5 dias. Se uma carta está tão longe da realidade, é difícil saber quanto nerf (e se você não a nerfar o suficiente, você ainda estará no intervalo ‘Meta Definindo’). Se você supera o nerf, acaba com alcance fraco e prejudica a emoção em torno da reformulação.

Por fim, decidimos que era seguro fazer um pequeno nerf antes da implementação. Se o Executor ainda for muito forte, pelo menos fizemos uma jogada na direção certa e temos uma maior probabilidade de acertar se precisarmos de nerfar novamente. Se ele acabar na faixa Forte, não precisamos fazer alterações e a CRL não será alterada. Isso também dá aos jogadores o tempo máximo para praticar no novo meta antes das primeiras partidas.

Ainda queremos ser destemidos com futuras reformulações, espero que ela leve uma carta a ser forte o suficiente para mudar o meta. Mas com o pontapé inicial da CRL West e a incerteza em torno de enormes reformulações como essa, decidimos jogar de forma segura. Ainda temos as alterações de balanceamento mensal para buff nerf do Executor, dependendo de como ele se sai.

NÍVEIS DO LADDER

A outra razão para o nerf preventivo (especificamente a redução de danos) foi como as disparidades de nível no ladder (push) afetaram suas interações.

Durante o planejando da reformulação do Executor, estávamos contabilizando principalmente interações de nível igual. Por exemplo, um executor não mataria uma mosqueteira de nível igual em um arremesso. Havia muitas interações como essa, nas quais o Executor mal falhava em matar algo em 1, 2 ou 3 oscilações.

Algo muito revelador foi ver como uma única diferença de nível transformou uma carta forte em um exterminador imortal. Não queríamos tornar a experiência do ladder tão binária, com um Executor ligeiramente acima do nível se tornando uma solução única para todos os problemas.

A lição aprendida com esse processo de reformulação é que precisamos levar em conta as disparidades no nível do ladder muito mais do que as mudanças menores no equilíbrio. Ter muitas interações de nível -/+ 1 leva a um ponto de inflexão em que esse nível 1 torna uma carta subitamente boa em todas as situações. Definitivamente, isso é algo que consideraremos em futuras reformulações.

Obrigado por ler este blog de balanceamento da reformulação do Executor – aproveite a terceira temporada e seja lendário!

– Seth e a equipe Clash Royale


O que acharam da alteração de última hora? Concordaram?

Comentários via Facebook

Clash Royale Dicas no Google Play